Orçamento Aqui!

Televendas: (62) 4006.8888

“Uber dos tratores”, aplicativo aluga máquinas

Por brunosousa em 17 dezembro, 2017

Se a economia compartilhada é a bola da vez, o agronegócio não poderia ficar de fora. Criado há pouco mais de um ano, a Alluagro, de Uberlândia (MG), funciona como uma espécie de Uber das máquinas agrícolas, a fim de minimizar a ociosidade dos equipamentos.

Por meio de um aplicativo, o produtor pode ofertar ou alugar máquinas de qualquer parte da cadeia produtiva, do preparo do solo até o transporte para escoar a produção: um arado, um trator, uma colheitadeira ou até um caminhão. Por meio de geolocalização, a plataforma mostra a máquina mais próxima disponível.

colheitadeira
Por meio de aplicativo, produtor pode ofertar ou alugar máquina Foto: GABRIELA BILO / ESTADAO

“Hoje, para investir em imobilizado, é preciso ter no mínimo mil hectares de terra para compensar. Mesmo assim, há máquinas que custam milhões e só são usadas no período da colheita”, explica o sócio Marco Aurélio Chaves. “É como ter um Mercedes parado na garagem e só usar duas vezes no ano”, brinca.

Chaves conta que o Alluagro surgiu depois de uma conversa com o seu tio, produtor de soja no Mato Grosso. Ele alugou uma colheitadeira no fim da safra, mas a máquina quebrou – e os oito dias parados lhe custaram R$ 65 mil. “O mercado de aluguel de máquinas é muito desorganizado e amador. Muitas vezes, nem há contrato, e muita gente dá cano”, explica. “Então, a empresa surgiu da necessidade de profissionalização e segurança.”

As transações são feitas pelo marketplace da Alluagro, que faz uma curadoria técnica dos equipamentos. A empresa, que já tem mais de 600 máquinas cadastradas, fica com uma margem de 5% a 7% da transação. Em maio, a empresa iniciou o processo de aceleração pela Ace, maior aceleradora de startups do País.

Fonte: Artigo extraído do site Estadão, escrito por Anna Carolina Papp, O Estado de S.Paulo